segunda-feira, abril 14, 2014

Entrevista com o Guitarrista da Banda REINCÍDIO

Através do velho e bom "bate-papo do face", Florencio guitarrista da banda Reincídio, nos contou sobre as influências da banda, nova formação, cena rock do estado e como está a expectativa em tocar no programa "Mirc Rock Cearense" exibido dia 27/03. 


"Creio que estamos em nosso melhor momento coletivo".  

(Florencio - Reincidio)

 

Confiram aí o que rolou!

- Projeto MIRC: Eai Florencio blz? Vamos começar com aquela pergunta que toda banda gosta de responder; O que você acha da cena rock do Ceará?

- Florencio (Reincidio): Conheço pessoas que vivem de MÚSICA ,mas têm que tocar forró, pop e tocar em "banda de baile" para poderem sobreviver. A cultura musical do ceará vem somente do forró e as próprias bandas tem que investir muito em sí próprias para ter aonde mostrar seu trabalho. As casas de show e produtores, não veêm o rock como fonte de renda no nosso estado. 

- Projeto MIRC: Vcs como banda passaram, ou passam muitos "perrengues", para tocar rock? Conta um se tiver.

- Florencio (Reincidio): Coisas como dormir no terminal depois de alguns shows, falta de grana pra ensaiar, pegar topic com todo o equipamento pra chegar em algum show, chuva molhando instrumentos.

- Projeto MIRC: Vcs estão na ativa desde de 2012, com músicas que possuem letras, que além de falarem do dia-a-dia, possuem criticas sociais e reflexão sobre atitudes e relações entre as pessoas. Quais as referências de vocês?

- Florencio (Reincidio):  Cara, a Reincídio tem muitas influências dentro do rock, até porque os cinco integrantes têm influências diferentes mas que vão desde Led Zeppelin, Hendrix, Black Sabbath, Foo Figthers, Metallica, Slayer e por ai vai...

- Projeto MIRC: E a banda em si, se rotula sendo de algum estilo específico?

- Florencio (Reincidio): Não, a gente toca rock, se tiver algum estilo que seja alternativo, mas prefiro: ROCK AUTORAL.

 - Projeto MIRC: As letras das músicas de vcs são bem impactantes, a inspiração vem de onde?

- Florencio (Reincidio):  A maioria das letras são de minha autoria, eu componho de acordo com a minha realidade, o que vivo. Falo sobre situações vividas, letras sobre sentimentos, bons ou ruins, tem letras que falam sobre nosso país e toda a sua "ordem e progresso", tipo isso!

- Projeto MIRC: E a banda, como está, com a nova formação? Vcs esperam algo novo com essa mudança de integrante?

- Florencio (Reincidio): Claro. Na metade de 2013, mudamos de vocalista, o frontman da banda, foi foda... decidimos fazer a alteração pq o antigo não estava atendendo as necessidades da banda, chegava atrasado nos ensaios e não estava rendendo na voz. Então chegou o Claudio Passos, que está melhorando cada vez mais. No fim do mesmo ano, nosso cofundador da banda, Fabrício Cesar, baterista, deixa a banda para ir trabalhar e morar na cidade de Tauá, em busca de melhoria financeira. Para seu posto, o Claudio trouxe o batera Victor Alves, muito fera. Creio que estamos em nosso melhor momento coletivo.

-  Projeto MIRC: E os trabalhos? Ps. Não me refiro a macumba ou voo doo. E sim aos CDS, DVDS, e CLIPS. Alguma coisa em vista?

- Florencio (Reincidio): O Victor deu um UP nas músicas da banda deixando-as mais dinâmicas, em relação a o material, estamos em ajustes finais das músicas para escolhermos as que iremos gravar, para um EP e fazer um videoclip. Esperamos que até o fim do semestre isso esteja pronto, o trabalho provavelmente levará o nome da banda, mas ainda não está definido.

-  Projeto MIRC: Vcs são a próxima banda a participar do programa tem Rock no Ceará. Ansiosos para tocarem ao vivo na rádio?

- Florencio (Reincidio): MUITO ANSIOSO. Será uma boa oportunidade de mostrar nosso trabalho numa cidade tão escassa de espaço para o rock. 

- Projeto MIRC: Agora para encerrar nosso papo, última pergunta e momento reflexão. Se vc pudesse escolher algo que com a música vc pudesse modificar ou melhorar. O que vc escolheria? Sei que é muita coisa errada nesse país. Mais uma coisa que vc ache mais precária, e que com a conscientização das letras de vcs pudesse ser melhorado.

- Florencio (Reincidio): Ah! Com certeza seria a melhoraria da educação no país. Com isso o povo saberia de seus direitos, faria escolhas mais sensatas. E o país seria bem mais desenvolvido!

 

* Banda Reincídio:

Claudio Passos (vocal)

Vitor Maia (baixo)

Iranilson (guitarra)

Florencio (guitarra)

Victor Alves (bateria)

 

Conheça mais sobre a banda em: 

* Facebook:

https://www.facebook.com/bandareincidio

* Canal Youtube:

https://www.youtube.com/channel/UCg_pZv5aPRaToOquZR__m6

* Google +:

https://plus.google.com/101230315399127384346/about

 

Entrevista por Francis Helen